sábado, 15 de abril de 2017

Meio que me fio

(meio um jeito de dizer)
Escrevi um roteiro há algum tempo e o que sinto sobre ele segue abaixo:

Meio-fio

Coágulo urbano regurgita pesado.
Nutrido preâmbulo vencido.
Esgotado portal goteja coceiras,
sussurra e
percebe no rasgo aquele "se" inventado,
Que em alguém até.

Insiste.
Hoje - privilégio.
Solidários transbordam alheios absurdos.
Possível que a
Maré de tão inventada
Seja preciso navegar.

Enquanto permanente parece
atrofiado
Exibe encanto ordinário
perpetua
e por hábito se consome.

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Dois anos sem o Bugo

Querida mãezinha (Bugo),

Não foi o ontem. Essa fantasia infalível.
As vezes momentaneamente eu pergunto
e responde a casa em silêncio.

Já fazia tempo que você não sorria.
Você que me fez dar mais de mil voltas em um
brinquedo chato, quando fomos ao parque.

Delirante certeza com a qual me convenço
de que por alguns instantes, naquele dia, você foi feliz.
Sinto saudades.