segunda-feira, 14 de março de 2016

Ausências, desculpas e subterfúgios

Fujo, escondo-me aos olhos vistos.

Coloco uma capa, uma roupa, uma máscara e transito entre os estranhos iguais.
Parabenizo e desculpo-me;

apenas e quando a noite chegar será a preparação para
a reprise da atuação de amanhã, hoje; novamente.