domingo, 6 de maio de 2012

Despesas convencionais

Início de mês deveria acontecer uma vez ao ano.
Todas as minhas correspondências são dívidas!
Olho para este dia e ele me diz: sair é uma opção a qual você não pode arcar.

Decido tomar banho; afinal a conta de água está paga.
Vou andar para clarear a mente e não morrer de tédio.
Quem sabe eu sente no final da tarde na beira mar
e veja girar nas colheres enormes bolas de sorvete.

Estou falida e só tenho aspirações compulsivas e consumistas.
Ouço convites conflitantes com a minha realidade.
Respondo amarga
e assim gasto esta tarde ensolarada de domingo.